A proposta arquitetônica desenvolvida pelo escritório Aflalo e Gasperini Arquitetos para este empreendimento engloba 2 anexos a construções já existentes pertencentes ao GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer). Apenas o primeiro destes edifícios foi construído até hoje e ele consiste em uma lâmina entre as duas edificações localizadas no bairro Vila Clementino, em São Paulo, SP.

Com 8.400m² de área construída, o edifício contém 1 pavimento térreo, 6 pavimentos superiores e 2 subsolos com 2 caixas de circulação vertical. O acesso principal, de grande destaque visual, com pé-direito duplo e integrado ao espaço público, é demarcado por 1 caixa de vidro e 2 pilares cilíndricos de concreto aparente, precedidos por uma escultura multicolorida pendurada no teto, como visto nas imagens nesta página.

Quanto ao programa do novo edifício, este inclui área de pronto atendimento, área de reabilitação lúdica, laboratórios de pesquisa e consultórios. Além disso, instalações administrativas e gerenciais também estão presentes em cada pavimento. Vale lembrar que, em alguns pisos, o anexo também se conecta com a uma das edificações adjacentes já existentes por meio de passarelas envidraçadas.

A estrutura desenvolvida pela França e Associados para o GRAACC Anexo 1 foi concebida em concreto armado moldado “in loco”. No entanto, parte dela também inclui peças metálicas (cujo projeto ficou sob a responsabilidade de outro parceiro de projeto).

Um dos destaques estruturais do GRAACC Anexo 1 está no subsolo: “um bunker de concreto” que abriga os equipamentos de radioterapia e que, assim, evita o deslocamento de pacientes até outros hospitais para receber este tipo de tratamento.

Este é mais um exemplo de projetos de estruturas elaborados pela França e Associados para o ramo hospitalar. Conheça detalhes de outros projetos como este em nosso portfolio online.

Arquitetura | Aflalo e Gasperini Arquitetos
Incorporadora | Afonso França Engenharia e Comércio Ltda.
Área construída | 8.400 m²
Local | São Paulo, SP
Início do projeto | 2008
Conclusão da obra | 2013