O projeto do Haus Mitre Brooklin, assinado pelo escritório de arquitetura Jonas Birger, prevê uma torre única residencial de 27 pavimentos. Localizado em uma das mais importantes vias arteriais da capital paulista, a Av. Roque Petroni, o empreendimento responde à demanda residencial da área com 170 apartamentos convencionais e 78 em formato studio. Além disso, estão previstas 7 unidades comerciais nos pavimentos de embasamento, uma ampla área de lazer e diferentes serviços como lavanderia e car wash para seus futuros moradores.

Haus Mitre Brooklin ainda propõe detalhes como o reaproveitamento de águas pluviais, torneiras com temporizadores, bacias sanitárias com válvulas dual flux e estratégias dedicadas a aumentar a eficiência energética dos ambientes, como o uso de iluminação LED.

Com uma fachada marcante, a torre prevê diferentes planos, volumes e linhas verticais de modo a enfatizar as áreas de convívio em cada unidade e criar uma composição esteticamente interessante à quem observa na escala urbana. Em adição, um grande destaque arquitetônico se dá à cobertura do empreendimento, onde estão previstas piscinas, spa e academia, e uma vista privilegiada da região de implantação.

O projeto de estruturas do Haus Mitre Brooklin destaca-se, entre outros projetos convencionais, em diversos âmbitos. Por não possuir apenas unidades residenciais, por exemplo, o empreendimento demandou uma rigorosa compatibilização estrutural entre seus diferentes usos. Tanto as áreas comerciais quanto as áreas comuns localizadas no embasamento do edifício demandaram diversas transições de pilares para atender a necessidades de espaço diferentes (e muitas vezes conflitantes), e garantir a eficiente transição de esforços entre os pavimentos residenciais da torre e os pavimentos inferiores.

As fachadas do edifício também trouxeram grandes desafios estruturais. Diferentes elementos decorativos, como molduras, abas e volumes verticais, marcam os planos das fachadas de diferentes maneiras. Assim, de modo a evitar patologias, a decisão foi conceber estes detalhes em concreto, o que resultou, novamente, em um grande esforço de compatibilização. A documentação das fôrmas de cada pavimento-tipo, desse modo, foi produzida individualmente, de modo a contemplar todas as variantes em cada pavimento e representar cada aba de concreto e pilarete de compatibilização em detalhe.

Este é mais um projeto de estruturas concebido e desenvolvido pela França e Associados utilizando o processo BIM (Building Information Modeling) de modelagem. Para conferir o modelo 3D resultante do trabalho de nossa equipe em BIM para o Haus Mitre Brooklin, acesse aqui.

Arquitetura | Jonas Birger Arquitetura
Incorporadora | Mitre Realty
Área construída | 24.100m²
Local | São Paulo, SP
Início do projeto | 2018
Conclusão da obra | 2021